Número total de visualizações de página

sábado, 5 de março de 2011

Análise ao debate.

Bruno Carvalho 
- Uma agradável surpresa o à vontade com que abordou a entrevista, descomplexado e seguro de si. Mostrou-se muito bem preparado, jogou ao ataque e penso ter "ganho" votos. Quanto ao treinador diz ter um acordo com 2, 1 estrangeiro e outro português, diz que são para contratar 8 a 9 jogadores.

Z. Boal
- Péssimo! como é possível se ter candidatado!


Pedro Baltazar
- Algumas dificuldades em verbalizar as suas ideias. Um candidato forte que se vê que em termos financeiros sabe do que fala. Tem dificuldades em expressar-se e em cativar quem o ouve. A sua frase da noite foi "O meu pagamento será feito com vitórias!". Com a questão do ecletismo assinou a sua "sentença de morte".

Dias Ferreira
- Os muitos anos de televisão conferem-lhe um à vontade perante as cameras e uma fluidez no discurso que prende os espectadores. O facto de ter Rijkaard do seu lado também lhe confere confiança. Fala num plantel de 19 ou 20 jogadores (5 ou 6 da formação), treinador de top (Rijkaard).

Godinho Lopes
- Fala dos numeros com uma precisão milimétrica e conhecimento de causa. Fala em "arranjar" 100 milhões de euros e coloca a solução ao dispor do candidato que vença as eleições. Aforma que pretende um Sporting B e que quer um sitema de jogo para todas as equipas do Sporting (da formação aos séniores). Não revelou o técnico (Bruno de Carvalho falou numa tentativa falhada com Martin O'Neill).

Abrantes Mendes
Diz ter 3 treinadores estrangeiros de renome apalavrados,muita alma.

Resumo
Bruno de Carvalho, Godinho Lopes e Baltazar dominaram o debate em termos financeiros. Uns mais claros e esclarecedores que outros mas mostraram-se bem preparados e com intervenções fortes.
Nota de destaque (pela negativa) para a intervenção de Baltazar sobre este tema a questionar o ecletismo e perguntando inclusivé se o futsal faz parte da natureza do Sporting. Dias Ferreira fala no regresso do Voleibol (e em proposta de Miguel Maia) e do Basketball.
Pedro Baltazar voltou a fazer asneira ao falar do futebol, particularizando e fazendo análise aos jogadores do actual plantel.
Godinho Lopes valeu-se muito dos trunfos Luís Duque/Carlos Freitas referindo inclusivé que com eles a bandalheira das arbitragens não existirá.

Godinho Lopes e Dias Ferreira e Bruno de Carvalho são os mais fortes candidatos. Baltazar é o  outsider. Boal e Abrantes nem contam para as contas deste rosário.
Adivinho uma fusão da candidatura de Bruno de Carvalho com Dias Ferreira. Penso que seria uma boa jogada de ambos.
by:Fonte Segura